F.Y.F.R.E. - FACE YOUR FEAR OF RESIDENT EVIL (2000 - 2009)

Inspirada pelo antigo site BIOHAZARDextreme, que mantém um backup do conteúdo de todo o seu extinto site, e especialmente um resumo de sua história, deixo aqui uma retrospectiva do site FYFRE. Convenhamos que uma página de compra de domínio não é a coisa mais interessante a se deixar em um site falecido, então fica aqui esta história como epitáfio do FYFRE, para que ele possa descansar em paz. O ano era 1999, eu havia finalmente conseguido convencer meus pais a ter internet em casa, e entrava todos os dias por uma hora para ver sites de Resident Evil. Ao ver todos aqueles sites, eu decidi que queria montar um fã clube online de Resident Evil, onde poderia encontrar pessoas com o mesmo amor que eu pelo jogo. Havia muitos sites gringos, e pouquíssimos sites brasileiros, geralmente pequenos e incompletos, até eu encontrar o SHREP (Survival Horror Resident Evil Page), de um cara chamado JOT. Foi no guestbook dele que eu deixei um recado para que pessoas interessadas em montar um fã clube entrassem em contato comigo. Eu já tinha tentado criar um fã clube em 1997, mas por não conhecer muitas pessoas que gostassem/conhecessem Resident Evil, e até por falta da estrutura que hoje a internet nos oferece, desisti da idéia. Quando passei a usar a internet e revirar programas de edição de site, como o Frontpage, fui aprendendo a montar páginas simples para tentar criar o tal site. Além da mensagem no guestbook da SHREP, mandei também um e-mail para a antiga revista Ação Games, e eles publicaram meu e-mail dizendo haver interesse em conhecer pessoas que quisessem montar um fã clube de Resident Evil. Vocês nem imaginam o tanto de e-mails que recebi na época!
 
Em 2000, conheci Bruno "Nevermind", que entrou em contato comigo para ajudar na criação do fã clube. Sim, o site seria inicialmente só um canal de contato entre pessoas que gostassem da série, mas depois acabamos nos decidindo por fazer um site mesmo. Bruno e eu ficamos vários dias nos decidindo pelo nome, ele queria algo como UMBRELLA CORPORATION, mas eu, chata (lógico!), queria algo diferente, e foi daí que saiu FACE YOUR FEAR OF RESIDENT EVIL. A sigla FYFRE foi criada pelo Bruno, que na época criou até um logotipo com a imagem clássica do zumbi de RE1. Começamos a idealizar o site e os conteúdos, ainda aprendendo a fuçar em HTML e em imagens, o Bruno fez os primeiros wallpapers para serem divulgados no site, e com pouco conteúdo e um layout extremamente precário e feio, nasceu o FYFRE em Setembro de 2000! O site era hospedado em um antigo servidor chamado Fortune City (que hoje eu nem sei se ainda existe e estou com preguiça de verificar), e vivia caindo. Naquela época, a internet era discada, então era difícil hospedar algo até o fim, vivia caindo no meio, o arquivo ficava corrompido e às vezes não hospedava, ficando aquela imagem com X no lugar. Tempos difíceis... Nessa mesma época, infelizmente, por problemas pessoais, o Bruno precisou sair do site e eu fiquei sozinha por um tempo, ainda procurando afiliados e interessados em levar o site adiante.
 
Conheci o Marcelo Clemente na mesma época, e ele tinha o CODE: Veronica para Dreamcast, jogo que eu ainda não havia podido jogar por não ter o console. Como ele conhecia bem o jogo e nos falávamos direto por ICQ (sim, estou falando que o site é do tempo da onça), pedi que ele me passasse umas coisas do jogo para eu poder colocar no site. Fui perguntando sobre inimigos, armas, os personagens, cenas bacanas... Até o dia em que pude comprar meu Dreamcast (em sociedade com meu irmão mais velho) e jogar o tão sonhado CODE: Veronica. Eu perturbei o Marcelo diversas vezes por telefone sobre o jogo, ficávamos horas falando sobre RECV no telefone, não sei de onde tirávamos tanto assunto! Com o tempo, o Marcelo também saiu da equipe, e na época havia outra pessoa conosco na equipe, que agora eu não me lembro o nome (mil desculpas, mas muita gente passou pelo FYFRE) e me ajudou MUITO a achar informação dos dubladores da série. Ficamos só nós dois, até que o Felipe Demartini, hoje conhecido na comunidade como -Evil Shady-, demonstrou interesse em contribuir para o site, entrando para a equipe e ficando por muitos anos no comando do site junto comigo.
 
O FYFRE entrava agora em sua fase mais sólida, fomos formando equipe e projetos, como a STARS Home, Raccoon Letters e até a Black Listz em associação com o webmaster Doug, conhecido no meio hoje como GoPlay! e ex-webmaster do extinto site Survival Panic. Nós três nos unimos como um grupo fechado de amigos e conhecemos também o Celso, webmaster na época do site Ground Zero, sobre os filmes. Nós quatro formamos a "Cupullah", integrando depois, como membros honorários, duas grandes amigas: Érika e Nayara. a Érika entrou pouco depois para a equipe do FYFRE, ajudando muito na STARS Home, até sair pouco depois também. Outro membro muito importante na equipe foi o Raphael Lima, que eu chamava de Rapha com PH, ele foi o responsável pelas traduções dos livros da S.D. Perry. É preciso ter MUITA paciência para traduzir um livro inteiro, imagine seis livros?
 
Em questão de Forums, o FYFRE teve seu primeiro Forum na Bravenet, logo na sua abertura. Foi por intermédio dele que conheci a Gabi, que também tinha um site de RE, dedicado a Resident Evil 2. Não me lembro o nome do site, mas era lindo e a Gabi era muito dedicada a ele. Depois deste Forum precário, criamos um mais elaborado, porém ainda básico, na ForumNow, onde ficamos por alguns anos. Eu quase não participava, mas tinha um movimento considerável e totalmente inesperado. A primeira versão, infelizmente, foi hackeada (assim como meu ICQ na época), e tive que abrir outro ForumNow básico. Este sim bombou, participei mais ativamente dele e conheci pessoas muito bacanas. Mas como alegria de pobre dura pouco (de pobre mesmo, porque era Forum "de grátis"), a ForumNow anunciou que começaria a cobrar pelo serviço e fomos obrigados a nos mudar. Fomos então para um Forum em PhpBB criado pelo Erick, conhecido no meio como Ark Thompson, em uma hospedagem da Lycos francesa. Grátis também, afinal, éramos todos adolescentes sustentados pelos pais e todo serviço online era caro na época. Ficamos na Lycos por um bom tempo, até, é claro, o servidor começar a lotar as páginas de propaganda. Foi quando a situação ficou insustentável (por várias razões, não só a hospedagem, mas havia MUITAS brigas naquele Forum, era uma bagunça!) que mudamos para outro Forum. Foram várias migrações, ficávamos uma semana online e fechávamos por hospedagem podre, serviço ruim, queda de servidor etc. Até que achamos nossa casa também gratuita na Forumer, onde ficamos até o final, mas ainda chego lá.
 
Retomando a história do site, depois da saída da Érika da equipe, o Doug e o Celso fecharam os seus respectivos sites, e entraram para o FYFRE. Com a Cupullah na equipe, fomos incorporando outras pessoas também. Certo dia, por e-mail, pareceu um cara do Japão, chamado Sadao, mais conhecido no meio como Redferme, para ajudar no site. Ele mandava MUITA coisa exclusiva, como scans de livros, informações de versões Trial... O FYFRE estava ficando chique, até tinha correspondente japonês! Na mesma época, por intermédio do ForumNow, conheci a Rafaela, que tinha um site lindo de RE. Como ela morava no Japão, tinha conteúdos maravilhosos no site, e assim, trocando idéias, ficamos amigas. A Rafaela fechou o site dela pouco depois e também ingressou no FYFRE, mas ficou por pouco tempo também. Ainda assim, continuamos amigas. Logo em seguida, quem ingressou na equipe foi o Diogo, conhecido no meio como Flag. Ele começou a sua jornada no FYFRE como moderador na época da Lycos, e ingressou na equipe do site no início de 2004, onde começamos a legendar os primeiros vídeos dos jogos. Nessa época o furor era o lançamento do Apocalypse, e cada vez que saía um trailer, lá íamos nós penar para legendar e colocar no site. Tudo ainda era muito precário nessa época, não havia programas decentes (e leves) para edição de imagem e legendas, então ficávamos muito tempo para legendar um vídeo só. Mesmo assim, era divertido, mas o FYFRE ainda estava em um servidor gratuito e caía muito.
 
Ainda em 2004, fizemos o primeiro encontro do site, no final de semana de estréia do Apocalypse, e as camisetas da equipe. Sorteamos também duas para quem foi ao encontro, claro. Neste mesmo ano, também, fizemos nossa primeira cobertura de evento, em uma festa para comemorar o lançamento do Apocalypse. No final de 2004, o Flag me deu de aniversário o domínio FYFRE.com, e em 2005 compramos nossa primeira hospedagem, eu nem me lembro mais o nome da empresa (mudou umas 2x), foi um grande acontecimento! Por motivos pessoais, o Flag saiu da equipe pouco antes disso, e quem entrou em seu lugar na equipe foi o Rafael_Resident. No mesmo ano, várias pessoas entraram e saíram da equipe em uma velocidade inexplicável, parecia até maldição, ninguém parava na equipe!
 
Em 2006, ingressaram na equipe o Gustavo, conhecido no meio como Jack Bauer, e o Verdugo. Neste mesmo ano, o FYFRE começou a fazer podcasts. Os locutores eram Red Queen (eu), Evil Shady, Rafael_Resident e Jack Bauer, cada qual com o seu bloco. Não tínhamos um esquema de podcast como os de hoje, onde fica todo mundo falando ao mesmo tempo, e acho que isso fez do nosso podcast uma coisa totalmente diferenciada. Neste mesmo ano, entrevistamos nosso primeiro dublador, a Hope Levy que dublou a Rebecca no Remake. Foi MUITA emoção, e era só o começo de uma série de entrevistas. Talvez muitos nem saibam, mas FYFRE foi o site pioneiro na divulgação dos dubladores da série, e isso apenas se difundiu pelos sites gringos muito tempo depois, então que fique registrado aqui que nós fomos os primeiros a prestigiar as pessoas por trás das vozes da série. Por causa dos estudos na época, o Evil Shady deixou a equipe em 2007, e a equipe se virou nos trinta para achar outras pessoas para a equipe, mas mais uma vez foi um tal de entra e sai de gente e ninguém ficava. Apesar deste problema na equipe, o Forum ia de vento em popa, com o seu melhor movimento. Desde 2003, o FYFRE fazia o Hunter de Ouro, uma premiação criada pelo Redferme em um dos antigos Forums que tivemos, acho que na Lycos. A Rafaela até fez um troféu em forma de Hunter, mas eu acabei perdendo, e em 2007, com a retomada do projeto, fizemos um novo HO com várias pessoas participando.
 
Em 2008, o FYFRE foi convidado a ter uma hospedagem ilimitada na IGN. O convite foi super inesperado, e foi assim que decidimos por criar a versão definitiva em inglês. Havíamos tentado criar uma versão em inglês outras vezes, mas com inglês precário de adolescentes não dava, então descartamos até surgir esta oportunidade irrecusável. Porém, era bom demais para ser verdade, e a IGN, junto com a Capcom, queriam "mandar" no conteúdo do site, chegando ao cúmulo de mandarem um e-mail dizendo o que poderíamos ter lá e o que deveria ser tirado, inclusive imagens. Ou seja: estávamos divulgando o trabalho da Capcom de graça, e eles ainda queriam que esta divulgação (na verdade, uma homenagem de fãs) fosse levada no cabresto! A versão em inglês teve apenas dois meses de vida, e então eu encerrei a parceria com a IGN. Neste mesmo ano de 2008, também tivemos novas pessoas entrando para a equipe: Jéssica Pinheiro (conhecida como Jejé no meio até hoje), Daniel (conhecido como Chris_Redfield na época), o Roni (conhecido como UBCS Mercenary), a Lívia Amorim, o Double Jeopardy, o Davi Redfield e o Kenshin Himura. Todos eram pessoas notáveis no Forum, que já criavam conteúdo lá sem compromisso, e o interesse da equipe por eles começou a se formar, até serem devidamente convidados a se tornarem "um de nós". Eu havia assumido a edição do podcast após a saída do Evil Shady, e com o número de ouvintes cada vez maior, o podcast foi crescendo também, incorporando novos blocos. Com a saída do Jack Bauer da equipe no final de 2008, Jejé e Chris_Redfield iam ganhar seu tão esperado bloco no podcast em 2009. Com a entrada de 2009, tivemos algumas edições do podcast, inclusive com a primeira edição do novo bloco, mas a reformulação não durou muito tempo. Ainda em 2008, bem no final, paramos de publicar notícias no site e tiramos os comentários, deixando tudo concentrado no Forum. O Forum não poderia estar melhor!
 
Porém, problemas sempre aparecem. Quando se tem 15 anos, criar um site e manter é fácil, pois só se tem que lidar com estudos e o tempo livre é maior, mas conforme vamos ficando mais velhos, as responsabilidades (e os problemas) aumentam consideravelmente, e o que antes era um prazer, um porto seguro, um hobby, foi se tornando uma grande dor de cabeça. Além de constantes brigas bobas, críticas destrutivas e cobranças por parte da comunidade, tínhamos que lidar com problemas pessoais. Falando por mim, além de lidar com essa parte das obrigações de site grande, ainda estava lidando com faculdade, abertura de uma grife de espartilhos com minha mãe e tentando atender a demanda de encomendas. Estava cada vez mais difícil manter o site, e cada vez ainda mais difícil manter o site com alegria, com a mesma vontade e o mesmo prazer que tinha no começo dele. Não sei explicar bem a razão disso, mas no começo, os visitantes eram mais "gratos" pelo conteúdo ali disponibilizado. Com o tempo, as pessoas, em vez de agradecerem, só sabiam xingar, cobrar, reclamar e apontar defeitos de forma escrachada. O FYFRE realmente era um site lotado de defeitos de uma ponta a outra, eu nem saberia apontar quantos e quais de tantos que eram, mas nunca havia se proposto a ser algo oficial e nem profissional, apenas um espaço de fãs para fãs. Infelizmente, nem todos entendiam isso, e a coisa começou a ficar cada vez mais complicada e desgostosa.
 
A idéia de fechar o site começou em 2008, já cansada do rumo que a comunidade e a própria série iam tomando, sem falar no enorme "karma" que o FYFRE já carregava pela entrada e saída de tanta gente que havia passado pela equipe. Não era um karma ruim, antes que me perguntem, era apenas um "karma", uma carga, um peso, e fica cada vez mais difícil lidar com isso com o tempo. Enfim, cada vez que o assunto de fechar o site surgia, havia uma tensão na equipe, e eu deixava para lá, até que chegou o dia em que não deu mais para "deixar para lá". Assim, em Abril de 2009, o site acabou. O Forum ainda se manteve online por um tempo, mas acabou pouco depois também, e hoje permanece fechado definitivamente. Sei que o fechamento do site foi difícil para muita gente, mas foi especialmente difícil para mim, que passei os 9 anos dele superando problemas. Até sugeriram dentro da equipe que deixássemos o site ir "morrendo aos poucos", que simplesmente fôssemos abandonando progressivamente, mas isto acabaria com tudo o que o site um dia foi. Se morresse lentamente, seria lembrado como um projeto abandonado, e eu não conseguia nem imaginar isso. Foi a decisão mais difícil que tomei em toda minha vida, mas a mais certa e não me arrependo dela. Chegaram a cogitar que eu vendesse o site, mas que preço eu cobraria por 9 anos de site? E como poderia cobrar por um trabalho que não havia sido só meu, mas tinha o tal "karma" nele? Decidi que o melhor seria fechar, a equipe era talentosa e poderia até montar outro site/sites ou ingressar em equipes de outros sites brasileiros ou gringos.
 
Enfim, esta é uma retrospectiva do FYFRE, de todas as pessoas que passaram por ele e das muitas coisas que vivenciamos por intermédio dele. Infelizmente, não dá para lembrar de todo mundo e nem de tudo o que passamos, peço até desculpas por esquecer nomes, mas sabe como é, vai chegando a idade... E também, foi MUITA gente! Existia uma listinha no site, na seção de CRÉDITOS, com os nomes de todos que contribuíram direta ou indiretamente com o FYFRE, nem que tenha sido com uma vírgula, e eu nem sei como agradecer a cada uma dessas pessoas. Como perdi contato com a maioria delas, quero deixar um abraço gigante onde todas possam caber, mesmo que nem queiram caber nele, eu abraço e pronto! Em especial para quem fez parte da equipe, desde o Bruno que me ajudou com a criação do FYFRE até a última pessoa que ingressou na família, que agora não lembro se foi o Kenshin ou o DJ. Enfim, a todos, muito obrigada por tudo e que vocês tenham muito sucesso em suas vidas, seja no meio de Resident Evil ou não. Me orgulho muito de ter criado o FYFRE, me orgulho de ter sido uma menina criando um site de Resident Evil e me lembro com risadas de quando recebia e-mails me chamando de "cara", "mano", "véio", achando que eu era um menino. Me orgulho muito de ter criado um site em uma época onde as informações eram difíceis de se conseguir, sendo que hoje estão em todos os lugares. Me orgulho de ter aprendido a mexer o suficiente em ferramentas que me proporcionaram criar um site e mantê-lo por nove anos. E me orgulho muito de, junto com gente capacitada, ter mantido o FYFRE com um padrão de qualidade bacana, apesar de muitos discordarem disso. Me orgulho do pioneirismo do site em diversas coisas, como os dubladores. Como dizíamos na época do site, "tem coisas que só o FYFRE faz por você". Vou guardar com carinho todas as memórias (as boas e as ruins) que o site e as pessoas que passaram por ele me proporcionaram, e a gente se vê por aí, já que a internet, apesar de ser infinita, é um ovinho e todo mundo conhece todo mundo. E caso não nos encontremos, adeus e sucesso a todos, hoje e sempre!

 
Atenciosamente,
Monique, conhecida no meio como Red Queen, atualmente membro de um novo site: Resident Evil Database.

P.S.: Mais uma vez, peço desculpas se esqueci de alguém nessa retrospectiva, mas é MUITA gente mesmo para lembrar!